h1

DCE trabalha junto com estudantes para criação de central de empresas juniores na UFRGS

quarta-feira, 21/04/10

No início deste mês de Abril, alunos da Administração da UFRGS participaram do Encontro Mineiro de Empresas Juniores, realizado na Universidade Federal de Viçosa, com apoio do DCE, que viabilizou sua ida com a compra de duas passagens aéreas.

O Encontro Mineiro de Empresas Juniores, EMEJ, é um evento estudantil organizado por empresas juniores da Universidade Federal de Viçosa, com apoio desta instituição, e que visa a educação e troca de experiências de universitários acerca de gestão de negócios, empreendedorismo e educação social. A PS Júnior, empresa júnior de Administração da UFRGS, através de seus membros Vicente Körbes e Felipe Camozzato, representou a Universidade do Rio Grande do Sul, conhecendo o CENTEV (Centro Tecnológico de Viçosa) e o CEMP (Central de Empresas Juniores), da Universidade Federal de Viçosa.

O principal objetivo da ida dos alunos era buscar, junto à UFV e ao CENTEV, o know how e documentação necessária para a implementação de uma Central de Empresas Juniores adaptado à realidade da UFRGS. Esta Central servirá para coordenar, institucionalizar, fomentar e representar as empresas juniores desta Universidade.

Paralelo a questão da Central de Empresas Juniores, alunos participantes das empresas juniores da Economia, Engenharia de Materiais, Engenharia da Produção e Administração, juntamente com o DCE, já estão discutindo a criação de um núcleo de empresas juniores que estaria dentro da Central de EJs, vinculado a SEDETEC.

Estas ações vão ao encontro dos objetivos do DCE Livre, que busca apoiar e incentivar o empreendedorismo dentro da Universidade, além de ser um importante passo para que os alunos que participem de empresas juniores, ou suas atividades, tenham contato e experiências de mercado antes mesmo de se formarem, ficando melhores preparados para seu futuro profissional.

Durante o evento, também, foi apresentado trabalho pioneiro da PS Júnior para outras empresas juniores brasileiras e, além disso, discutido, junto aos jovens universitários de diferentes partes do Brasil, aspectos sobre a importância da educação social e empreendedora para o desenvolvimento da sociedade brasileira, bem como suas práticas internas de desenvolvimento de negócios e formação de seus alunos.

“Sem o apoio dado pelo DCE, eu e o Vicente não teríamos ido ao evento. As empresas juniores não possuem fins lucrativos e seus membros trabalham voluntariamente, sem remuneração. Desta forma, é muito difícil sempre termos que gastar nosso próprio dinheiro para ir a eventos como esse, representando a Universidade. Caso não fôssemos, o Rio Grande do Sul seria o único estado da região sul e sudeste sem representantes no evento, bem como não teríamos coletado todas as informações e materiais necessários para dar continuidade aos trabalhos de implementação da Central de Empresas Juniores da UFRGS” diz Felipe Camozzato, atual Presidente da PS Júnior.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: