h1

Mobilização de Comissões de Formatura e DCE fazem com que Reitoria reveja mudanças nas cerimônias de Colação de Grau

quarta-feira, 31/03/10

Na tarde de hoje, terça-feira 30 de março de 2010, foi realizado o sorteio das datas de formatura de 2010/01 da UFRGS, porém o sorteio não foi tema central da reunião. A polêmica que reuniu diversos cursos da universidade, foi a mudança no cerimonial das formaturas.

Ao longo do último ano muito foi especulado sobre a saída do púlpito, onde os alunos podiam realizar agradecimentos durante a colação de grau. Subitamente a especulação tornou-se realidade surpreendendo os formandos presentes com uma decisão unilateral da universidade.

Por mais que os boatos sobre as alterações fossem de conhecimento público, nenhum aluno havia recebido informações oficiais sobre esta mudança, afinal nenhuma consulta ou discussão sobre o tema foi realizada com os maiores interessados, nós alunos, que somos a razão da existência da UFRGS.

Após o conhecimento da notícia uma comissão, formada por aproximadamente 40 alunos de diversos cursos e com o presidente do DCE, Renan Pretto, dirigiu-se naquele instante ao gabinete do reitor, permanecendo ali até serem atendidos pelo mesmo.  Em uma rápida reunião os frágeis argumentos defendidos pela reitoria foram debatidos e, um novo encontro foi marcado para resolver a situação. O reitor se comprometeu em realizar esta reunião no prazo de 10 dias com a presença dos diretores que participaram do encontro que originou esta mudança absurda.

Outra mudança no cerimonial também gerou protestos, a entrega do diploma pelos pais que possuem a mesma graduação do filho foi proibida. A justificativa para esta decisão, baseada na exceção de uma turma com muitos formandos, prejudica o direito à honra de receber o diploma de quem foi exemplo de vida para os poucos formandos que escolheram seguir os passos de seus pais, reconhecimento este proporcionado pela maioria das instituições de ensino superior.

Aguardamos que no dia 09 de abril o resultado da reunião entre alunos, direção e reitoria seja satisfatório, com a volta da democracia sempre defendida por todos os alunos que passaram pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, que fizeram desta uma instituição respeitada e admirada.

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: