h1

Nota Oficial do DCE UFRGS

sexta-feira, 05/03/10

NOTA OFICIAL do DCE da UFRGS a respeito dos lamentáveis episódios ocorridos na manhã de hoje, 5 de março de 2010, no campus Central da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
.
NOTA OFICIAL
A respeito dos lamentáveis eventos ocorridos no Campus Central que adiou, uma vez mais, o debate acerca do projeto de criação do Parque Tecnológico da UFRGS, o Diretório Central de Estudantes da UFRGS – DCE LIVRE!, gestão 2009-2010, e os representantes discentes membros do Conselho Universitário a ele vinculados, vêm a público:
.
1. Esclarecer que, como representantes democraticamente eleitos pelos estudantes desta Universidade para dirigir o DCE, reafirma seu apoio ao referido projeto. Não é concebível oposição a uma proposta que traz benefícios a toda a comunidade acadêmica e à sociedade em geral. O debate acerca do projeto não é de hoje e a inação dos antigos dirigentes do DCE para oferecer sugestões no tempo hábil, jamais poderia ter evitado o debate marcado para o dia de hoje.

2. Repudiar veementemente a manifestação antidemocrática e agressiva de uma minoria de estudantes e de entidades que nada têm a ver com a UFRGS (Via Campesina, MST, etc.) que impediram o Conselho Universitário de se reunir na manhã de hoje para debater um dos mais importantes projetos em trâmite neste órgão superior nos últimos anos.

3. Lamentar profundamente a falta de ação da Reitoria desta Universidade, que ainda ontem havia se comprometido com a nova gestão do DCE a debater o projeto no dia de hoje. É precedente inaceitável permitir que o acesso à sala dos Conselhos permanecesse obstruído por vontade de uma minoria intransigente e desrespeitosa. Repudiamos a omissão da Reitoria em requisitar os meios necessários para assegurar a realização da Sessão do CONSUN, uma vez que a manifestação era previsível ou mesmo óbvia em virtude dos eventos ocorridos nos dias anteriores.

4. Exigir da Direção Central da Universidade uma manifestação veemente de repúdio aos fatos ocorridos na manhã de hoje. Ser leniente com tal situação de desrespeito às Instituições Públicas é colocar-se ao lado do desprezo à ordem e à legislação vigente.

5. Informar que, sob a alegação de que não haveria quórum para a realização da reunião, a mesma foi cancelada pela Reitoria para supostamente estabelecer um canal de “diálogo” com os manifestantes. Dados os métodos violentos e antidemocráticos utilizados pelos militantes, a gestão atual do DCE está convicta de que tal medida é um erro que só dará respaldo a futuras manifestações igualmente violentas ou, até mesmo, piores.
.
O DCE da UFRGS, Gestão DCE Livre 2009-2010, tem entre seus valores os da Democracia e da Liberdade. Infelizmente, a defesa intransigente destes valores pelos membros do CONSUN ligados ao DCE presentes à barbárie organizada pelos opositores da Democracia e da Liberdade, não prosperou. A esperança de que pudessem entrar na sala de reuniões do CONSUN para debater a criação de um parque tecnológico para a nossa UFRGS não pôde ser concretizada. Tanto a Democracia como a Liberdade sofreram duro golpe no dia de hoje em nossa Universidade, lamentavelmente com a conivência de quem deveria garanti-las.
.
Renan Artur Pretto
Estudante de Administração
Presidente
.
Matheus Stapassoli Piato
Estudante de Agronomia
Secretário-Geral
.
Andrea Heisler
Estudante de Medicina
Membro do Conselho Universitário e Conselheira Administrativa do DCE
.
Claudia E. Thompson
Estudante de Eng. Química
Membro do Consun e Vice-presidente do DCE
.
Marcel van Hattem
Estudante de Administração
Membro do Consun e Diretor de Relações Institucionais do DCE

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: