h1

Semana pela Universidade Popular

segunda-feira, 22/06/09

A semana que se inicia será marcada pelo resgate da atualidade da luta por uma Universidade Pública e Popular. Na quarta-feira (24/06) será comemorado os dois anos de aprovação do programa de Ações Afirmativas na UFRGS. Às 11h30 será preparada a “Feijoada Afirmativa” em frente a Faculdade de Educação (Campus Centro),  visando também rearticular os apoiadores dessa política para continuar a batalha pela sua implementação efetiva.

Há ainda muito o que avançar para que o programa cumpra seus objetivos. A comissão de acompanhamento aos alunos cotistas ainda padece com a falta de estrutura e apoio institucional da Universidade; os dados sobre o programa não vem sendo repassados pela Administração Central à Comissão de Acompanhamento; não foi constituída uma ouvidoria para casos de preconceito e assédio moral;  e além disso, o ponto de corte uniforme no concurso Vestibular (que não observa a reserva de vagas como critério) permanece sendo um importante limitador do acesso de estudantes pobres e negros aos assentos universitários.

A atividade está sendo promovida pelo Fórum de Ações Afirmativas e Diretório Central dos Estudantes, através do seu grupo de trabalho permanente sobre o tema.

cartazcotas

Ainda no espírito da popularização da Universidade, teremos na quinta-feira às 14h no Pantheon (IFCH – Campus do Vale) o debate “Movimentos Sociais: de objeto a sujeito do conhecimento”, com a participação de representantes do Movimento Negro, Via Campesina, Indígenas do Morro do Osso e do Movimento Nacional de Luta pela Moradia.

A promoção do evento é da Secretaria de Movimentos Sociais do DCE, com apoio do GARRA (Grupo de Apoio a Reforma Agrária).

cartaz2

DCE Sempre em Frente! UFRGS, pra que(m) te quero?!

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: