h1

AFINAL, QUEM SÃO OS VÂNDALOS?!

quinta-feira, 28/08/08

Na tarde desta quarta-feira, dia 27 de Agosto, o fascismo mostrou novamente a sua cara na UFRGS. Um grupo de estudantes identificados com os princípios do nazi-fascismo, sabotou a intervenção no prédio da Letras, jogando tinta sobre o graffiti que questionava o atual caráter da Universidade.

Embora grotesco, este ato deixa transparecer as reais motivações que levaram à abertura dos processos contra os nossos ativistas que realizaram a pintura. A contestação levantada contra o mural se baseava no argumento de que o graffiti seria um “ato de vandalismo”, e, portanto, deveria ser enquadrado como “dano ao patrimônio público”.

Após o arquivamento do processo, o mesmo grupo de estudantes que alegava zelar pelo patrimônio da Universidade jogou um balde de tinta sobre a parede do prédio da faculdade de Letras, destruindo o mural. Diante disso, cabe indagar: quem são os vândalos? Os que provocam o diálogo através da arte ou os que silenciam o debate sabotando uma manifestação político-cultural?

Torna-se evidente que o que sempre esteve em jogo nesta polêmica não era o respeito às normatizações da UFRGS, mas sim o conteúdo político da intervenção. O comportamento fascista de uma parte dos estudantes desta universidade reafirma a pertinência da pergunta que motivou a intervenção. Afinal, é para isto que serve o conhecimento produzido pela UFRGS?

Coletivo Muralha Rubro Negra
www.muralharubronegrabrasil.blogspot.com

Levante Popular da Juventude
www.levantepopulardajuventude.blogspot.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: