h1

DCE/Ufrgs repudia ato de violência contra as mulheres da Via Campesina

quinta-feira, 06/03/08

O Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (DCE/Ufrgs) repudia a repressão e a criminalização das mulheres camponesas pelo governo Yeda. O governo do estado é serviçal de uma multinacional que adquiriu terras ilegais, na faixa de fronteira, inclusive utilizando uma “empresa laranja”. E o governo federal é cúmplice, pois além de apostar na implantação do mercado exportador de celulose no Brasil para gerar o superávit primário, freou as investigações da Polícia Federal sobre as ilegalidades da empresa.

Prestamos nossa total solidariedade às mulheres e estamos juntos nas lutas. Vale lembrar que no 8 de março de 2007 o palco da luta foi a Ufrgs. Pela manhã repudiamos a presença de George W. Bush, que quer transformar o país em um grande canavial; à tarde, estudantes e camponesas, ocupamos o pátio da Reitoria para pedir o cancelamento do convênio da Universidade com a Aracruz Celulose. No ano passado, os dois convênios tentados pela empresa foram barrados graças à nossa união. O papel da Universidade e da “Ciência” foi questionado: “Para quê? E para quem?”.
Viva as mulheres que fazem a luta de resistência para educar seus filhos, produzir alimentos, preservando o meio ambiente e colocando a continuidade da vida humana e dos seres vivos em primeiro plano.

Soberania alimentar e educação não são mercadorias!
Por uma universidade pública e popular!

DCE/Ufrgs – gestão 2007/2008
Somos todos iguais, Braços dados ou não.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: