h1

MP teme trote em bixo cotista, CP, 01/03/08. Denuncie!

domingo, 02/03/08

MP teme trote em bixo cotista

A preocupação com a segurança de calouros cotistas da Ufrgs neste início de ano acadêmico, a partir de segunda-feira, reuniu ontem, no Ministério Público Estadual, representantes do diretório Central e das faculdades. A audiência junto com o Ministério Público Federal foi marcada após denúncia do Fórum de Ações Afirmativas da Ufrgs, com material em anexo do site Orkut. Estudantes estariam incentivando, numa comunidade, a prática de atos de violência em trotes contra cotistas.
A procuradora da República Carolina da Silveira Medeiros pediu esclarecimentos sobre a recepção. Representantes estudantis garantiram não haver orientação para trote violento. Segundo a promotora de Justiça de Defesa dos Direitos Humanos, Miriam Balestro, os estudantes deixaram a reunião conscientes de que atos de discriminação podem acarretar responsabilização criminal, ação de dano moral e exclusão da universidade. ‘A idéia é evitar agressões inaceitáveis.’ A denúncia recebida pelo Ministério Público Estadual foi enviada ao Ministério Público Federal, que analisará o caso e receberá futuras denúncias de discriminação, se houver registro de problemas nesse sentido.

CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, SÁBADO, 1º DE MARÇO DE 2008

VIOLÊNCIA FÍSICA E PSICOLÓGICA

NÃO É TROTE!
DENUNCIE!
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: